Naveguem por este mundo sem validade!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Pronto...não exagerem. Não teve assim tanta graça.

Hoje é dia de refletir. 
Este blogue tem sido uma aventura, tem sido a alma dos meus desvarios, sonsices e mariquices. A tonteira de escrever já vem de longa data. No 5º ano comia maçãs para ter inspiração e escrevia poemas enquanto comia...(uiii...devo ter batido com a cabeça em pequena e nunca ninguém me disse)!

Mas antes dos poemas vieram as composições! 
A minha maravilhosa, admirável Sra Prof. A. dizia que eu tinha imaginação...(quem diria...), por isso, fui ao baú procurar relíquias no meu processo de ensino primário (manos, os vossos ainda devem estar no sótão, a esta hora roídos por ratos, com xixi de gato ou cocó de pássaros!).

E como terça-feira é dia de Carnaval, aqui fica a composição de 20 de Fevereiro de 1990 (4º ano) da ficha de língua portuguesa relativa ao Carnaval.

Enunciado:
Conta uma anedota, ou uma história verdadeira que te pareça engraçada.

Resposta:

"Era uma vez um camionista que foi ao restaurante e pediu um café, uma sobremesa e um bife. Então chegaram três homens nas motas. E entraram para o restaurante, e viram o camionista a receber o café, a sobremesa e o bife. Os três homens comeram-lhe tudo e, depois de comer tudo vai o homem para os outros, acabámos de comer tudo e ele não disse nada. A empregada disse aos seus clientes que o camionista não andava bem e disseram os clientes porquê? Porque acabou de passar por cima de três motas".

E assim se escreveu mais uma página na história do humor.



Pronto...não exagerem. Não teve assim tanta graça.
Chatos pá!


2 comentários:

  1. God!! xD A 20 de fevereiro de 1990 ainda eu não existia :O

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não precisavas de lembrar isso totó!!!

      Eliminar