Naveguem por este mundo sem validade!

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Ontem fui ao hospital...

(ok...o post está um bocadinho sensacionalista...mas vá...é por uma boa causa!)
...a uma consulta de dermatologia. Calma, está tudo bem! (sei que ninguém me perguntou, mas gosto de pensar que vos paira alguma preocupação sobre a minha pessoa...)
Para além da chuva, do caos do trânsito e das filas intermináveis para arranjar parque de estacionamento, lá consegui o meu lugar ao sol.
Passados alguns minutos, lá chegou a minha vez. Entrei a tomar café no consultório médico, desfazendo-me em mil desculpas com a médica por estar a injetar cafeína na hora da consulta (acho sempre que tenho tempo para tudo)!
Até aqui tudo bem.
Chegou-se a hora de me descalçar e ficar no chão frio, com as minhas patinhas de donzela.
Eu até aguentaria o frio sem problema ou queixume, mas o cenário com que me deparei foi outro.
No local onde iria posicionar-me, jazia um tufo de pêlos (...nem quero imaginar a origem!), a provocar-me calafrios e terrores. A avaliar pela quantidade e pela pessoa que saiu antes de mim, os ditos eram masculinos.
Isto não me sai da cabeça.

Inicialmente hesitei (não sei se vomitava, se ria de nervosismo) e num momento de coragem, lá enfrentei a situação.
Cheguei ao carro, tirei as meias, e com os dedos a pedir clemência de frio, lá os encaixei dentro das botas.
Posto isto, um minuto de silêncio para o meu ato de bravura.
(Só voltei a vestir as meias depois de oito horas de trabalho).


2 comentários:

  1. :)

    As tantas o abominável homem das neves também vai ao médico :))

    ResponderEliminar