Naveguem por este mundo sem validade!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

É isto.

Um dia destes assisti a uma conversa entre duas senhoras, cujo assunto definia-se pela preocupação comum delas, relativa a uma suposta vizinha que ainda não tinha companheiro.
Diziam elas:
- Deve ser do feitio...- dizia a primeira.
- Ou então deve ter pouco jeito para os agarrar... - rematava a segunda.
- Dizem que ela gosta de sair à noite e conversar com homens! - acrescentava, escandalizada, a primeira.
- Já a mãe dela foi igual, só casou depois dos 30. 
(...)
Como não tenho a capacidade da surdez seletiva, fui ao WC na esperança de quando voltasse, a conversa fosse sobre batatas e feijão verde, mas não...ainda ouvi o seguinte:
- Diz que é porca em casa e não arruma nada!
Incrédula com aquele julgamento em praça pública, pautado pela crueldade sem filtros, resolvi meter um desbloqueador de conversa, com o objetivo de "bloquear" aquelas mentes.
- Desculpem, por acaso sabem dizer-me que horas são?
Mas o que me apetecia era lançar um torpedo do genéro:



8 comentários:

  1. Respostas
    1. Pois...esta conversa quase que dava para uma tese de filosofia!

      Eliminar
  2. As pessoas não conseguem viver sem julgar os outros, na maioria das vezes precipitadamente... Uma pena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é verdade..caramba de código genético...!

      Eliminar
  3. Aahhh, agora bateu uma saudade da vida na minha aldeia (not!) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cenas por cá...é o que temos! Beijinho

      Eliminar
  4. Infelizmente muita gente, porque não consegue olhar para a sua própria vida miserável e estar satisfeito, entretem-se a dissecar a vida dos outros, para ver se é ainda mais miserável que a delas. E se for, que felizes ficam.
    Não há mesmo pachorra para isto, mas infelizmente é do que mais vejo :(
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim...assim olham menos para os seus próprios problemas e esquecem-se que fazem parte de um problema maior..de gente sem interesse.
      Beijinhos!

      Eliminar