Naveguem por este mundo sem validade!

domingo, 29 de maio de 2016

Encontrei uma polícia da moda..

...no sábado no cabeleireiro! Sim eu vou de vez em quando ao cabeleireiro. De vez em quando para mim, significa 3 a 4 vezes por ano, ou seja, quando tenho casamentos ou estou com a neura.
Não sou propriamente "aquela" cliente assídua e tal, sou mais a aquela que, usa champô do supermercado (mas eu gostava de usar dos outros) e que quando tem algum produto especial para o cabelo, uso-o tão pouco (para o poupar e durar quase uma eternidade) que acaba por passar a validade 4 anos depois...
Mas, eu comecei por falar na polícia da moda. Voltemos a ela.
É boa menina, amiga da minha mana (minha também) e que está sempre pronta para qualquer situação tipo "estrela". Sempre que a encontro, faz pequenos reparos à minha pessoa (ela tem jeito para aquela nova profissão de aconselhamento da imagem!). Eu penso que para ela eu devo ser um caso perdido ("burro velho não toma ensino", sempre ouvi dizer). Mas tenta sempre. A maior parte das vezes, é para me chamar a atenção que depois de sermos mães que não nos devemos esquecer de nós. E tem razão. 
As sobrancelhas, a depilação, as unhas, o cabelo...tudo fica para segundo plano quando há banhos, lanches, cocós na sanita para assistir, dentes para lavar, bibes para passar a ferro...e podia estar aqui a noite inteira!
Mas no sábado, aqui a mademoiselle, foi elogiada pela querida cabeleireira sobre os tons naturais do meu cabelo. Ao que parece a minha cor tem três números, num sei que não é [degradé], mas era um nome parecido, e dito por ela, foi um momento chique!
O cabelo salvou a análise detalhada da amiga N., por enquanto.
Amiga N., então e esta tendência para o Verão?

Sem comentários:

Publicar um comentário